Política de cadeia de suprimentos

A política de cadeia de suprimentos da RESIND foi elaborada de acordo com as orientações do Guia do RMAP e Guia da OECD. Ela é relacionada ao nosso comprometimento quanto aos princípios estabelecidos para a compra de materiais, assim como o transporte, processamento e demais atividades que nos competem, considerando nossa posição na cadeia de suprimentos de Estanho e Tântalo. Essa política é especialmente consistente com o Anexo II do Guia da OECD. Ainda, ela compromete a empresa quanto a um processo claro e coerente de gerenciamento para garantir que os riscos sejam avaliados e gerenciados. Também nos compromete a realizar procedimentos de diligência conforme descritos nos dois guias citados. Dessa forma, a empresa promove práticas responsáveis com seus fornecedores e mantém um canal aberto visando melhoria contínua em suas relações comerciais.
Para mais informações acesse:
Guia da OECD
Guia da RMAP


A política atualizada da cadeia de suprimentos da Resind

Updated Politics – English

Política atualizada – Portugues



Report anual de diligencia (Due Diligence Report) de 2019

Due Diligence 2019 – English

Due Diligence 2019 – Portugues


Canal de Denuncias sobre cadeia de suprimentos

Esse canal de denúncias (grievance mechanism) se refere à qualquer tipo de reclamação a ser realizada acerca de nossa cadeia de suprimentos.
O mecanismo de reclamações e alertas recebe denúncias e reclamações acerca da cadeia de suprimentos da empresa. Dessa forma, qualquer pessoa interessada (seja afetada diretamente ou um assoprador de apito) pode levantar preocupações relacionadas com as circunstâncias da extração mineral ou subprodutos da cadeia de produção da RESIND, assim como comércio, manuseio e exportação. A companhia é então alertada acerca dos riscos da cadeia de suprimentos, em adição aos sistemas de controle já implementados sobre avaliação de risco.

Copyright © 2020 — All rights reserved. Desenvolvido por Mapa de Minas